sexta-feira, 17 de agosto de 2018

JEM´s 2018: Colégio Batista e Escola Cristo Rei disputam medalhas de Ouro e Bronze respectivamente

Após a medalha de prata nos JEM´s 2014, o Colégio Batista lutará novamente pelo ouro no handebol infantil masculino dos Jogos Escolares Maranhenses 2018. Liderados pelo  Professor Genilson Freitas, os alunos-atletas codoenses prometem lutar até o último segundo pela inédita medalha.
Professores: Genilson, James e Erivelton com alunos-atletas do handebol do Colégio Batista e da Escola Cristo Rei

Movidas a muita emoção! Assim pode ser resumida as duas partidas disputadas hoje na capital do estado nos Jogos Escolares Maranhenses 2018, na semifinal da competição. Caso as duas equipes vencessem seus jogos, teríamos uma final histórica.

Na primeira partida, os alunos/atletas do Colégio Cristo Rei jogaram contra a escola Barbosa de Godói de São Luís e perderam o jogo nos detalhes. Apesar de ser superior tecnicamente, a equipe  codoense não  conseguia encaixar as finalizações  e acabavam sofrendo duros e fortes contra ataques dos adversários e em dois momentos da partida tiveram que tirar grandes diferenças  no placar e ao final, o resultado ficou favorável  aos atletas da capital que venceram o jogo pelo placar de 24 X 21 e vão enfrentar o Colégio  Batista de Codó.

No outro jogo da semifinal, os alunos/atletas do Colégio  Batista venceram seu jogo contra o ArtCeb de Imperatriz e vão disputar mais uma final na competição. A equipe comandada pelo professor Genilson, encotrou dificuldades no início do jogo, chegando a virar do primeiro tempo para o segundo perdendo por um gol e diferença, mas no segundo tempo o Batista se impôs  em quadra, ao final fechou o jogo com diferença  de um gol, 13X12.

As disputas pelo bronze estão  previstas para começar as15 horas no Ginásio  Castelinho, já  a grande final começa  às 16 horas e para esses dois jogos, os alunos de Codó  que já  não  estão  disputando nenhuma competição prometem fazer sacudir o Castelinho em apoio aos atletas do Cristo Rei e Colégio Batista.

Por Reinaldo Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.