quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Etapa da Região dos Cocais do Campeonato Maranhense de Handebol foi um sucesso

Encerramento e premiação
De 16 a 18/09, foi relizado no ginásio Carlos Fernando, em Codó,  a Etapa dos Cocais, do Campeonato Maranhenses de Handebol.

A competição foi divida em 3 categorias: infantil (12 a 14 anos), infanto (15 a 17) e adulto (a partir dos 19 anos),  tanto no feminino quanto no masculino.

Veja abaixo como ficou a classificação final.

Técnicos

Infantil Feminino:

-  campeão GHB/Batista Codó

Infantil Masculino:

campeão: Hollanda/GHC/Maurício de Nassau

vice: GHB/Batista Codó

Infanto Feminino:

- campeão: Codó/Handball/Atlef IFMA

- vice: União Hand/Olympus

Infanto Masculino:

- campeão: Hollanda/GHC/Maurício de Nassau

- vice: GHB/Batista Codó

- terceiro luugar: C.E Eugênio Barros

Adulto Feminino:

- campeão: Galáticos/Sparta

- vice: Hollanda/GHC/Maurício de Nassau

- terceiro lugar: Codó Hanebol/Atlef IFMA

Adulto Masculino:

- campeão: Hollanda/GHC/Maurício de Nassau

- vice: GHB/Batista Codó

- terceiro: Galáticos/Sparta

- quarto: Cristo Rei

- quinto: Atlef/IFMA

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), garante apoio ao Campeonato Maranhense de Handebol 2016. A competição acontece nas regionais de Imperatriz, São Luís, Santa Inês e Codó, com disputas até dezembro. A promoção é da Federação Maranhense de Handebol, com o incentivo da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

“Com o apoio do Governo do Estado, o Campeonato Maranhense de Handebol deste ano conta com o maior número de equipes inscritas. Outra novidade desta edição é a sua realização em outros três municípios, além de São Luís, como forma de ampliar o acesso ao esporte e descobrir talentos em outras regiões do estado”, destacou Nilson Pinto, diretor da competição.

O torneio também tem caráter solidário. No ato da inscrição, cada equipe precisa levar 3 quilos de alimentos não perecíveis por atleta. Na primeira edição do torneio, em Imperatriz, no último fim de semana, foram arrecadados 870 quilos de alimentos doados ao Lar São Francisco de Assis e à Casa de Apoio Solar que ajuda no tratamento de pessoas com câncer.

O Campeonato Maranhense de Handebol tem o patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

NOVO FORMATO

Em novo formato, a edição 2016 do Campeonato Maranhense de Handebol conta agora com maior número de equipes e tem o objetivo de levar o torneio para outros municípios do Estado. Para isso, a competição foi dividida em 4 regionais: Imperatriz, São Luís, Santa Inez e Codó.

As disputas em cada regional terão dois turnos e se classificam as duas melhores equipes das 3 categorias (infanto, infantil e adulto), tanto no feminino quanto no masculino.

A primeira etapa foi realizada em Imperatriz, em seguida e paralela a etapa de São Luís, no período de 9 a 11 de setembro, foi realizada a regional de Santa Inês.

Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI
Fonte: Federação Maranhense de Handebol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.