domingo, 2 de setembro de 2018

JEM´s 2018: Colégio Olympus e Batista ficam com a prata nas modalidades coletivas

Durante o período de 09 a 27 de agosto, foi realizada em São Luís-MA a etapa final dos Jogos Escolares Maranhenses 2018, nas categorias infantil e infanto, nos naipes masculino e feminino. Promovidos pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), os JEMs contaram com a participação de 112 municípios e 75 mil alunos envolvidos, em média, em sua 46ª edição.

Como já é de praxe, a delegação codoense teve excelente desempenho nas modalidades individuais, principalmente no atletismo, conquistando muitas medalhas e vagas para os Jogos Escolares da Juventude, que serão realizados em Natal - RN, de 12 a 25 de novembro.

No entanto, mais uma vez a delegação codoense não terá nenhum representante de modalidades coletivas (futsal, handebol, voleibol e basquetebol) nos Jogos Escolares da Juventude. O motivo é simples, desde 2004 quando a equipe de futsal infanto feminina dirigida or mim, foi campeã dos JEM´s, que nehuma outra equipe das modalidades acima relacionadas conseguiu o título e a cobiçada vaga para os Jogos Escolares da Juventude.

Este ano, três equipes chegaram até a final, mas acabaram ficando com a prata e deixando de conquistar a vaga para os JEJ:

- Futsal Infanto Feminino do Colégio Olympus: fez a final contra o Instituto O Bom Pastor de São Luís e perdeu por 1x0;
Futsal Infanto do Colégio Olympus: medalha de prata nos JEM´s 218

- Handebol Infantil Masculino do Colégio Batista: fez um excelente jogo contra o BG (Barbosa de Godóis de São Luís), perdendo por 24x23.
Handebol Infantil do Colégio Batista: prata. Cristo Rei: 4º lugar nos JEM´s 2018 

- Handebol Infanto Masculino do Colégio Batista: com os alunos-atletas apáticos pela falta do seu treinador Genilson Freitas, que havia retornado a Codó pelo falecimento de sua irmã, a equipe codoense perdeu por uma ampla diferença, ficando o placar final de 36x12 para o BG.
Handebol Infanto do Colégio Batista: prata nos JEM´s 2018

Em 2017 as equipes coletivas codoenses pararam nas semifinais dos JEM´s, e nos anos anteriores conquistou muitas medalhas de prata e bronze, no futsal e handebol.

A pergunta que é repetida ano após ano: Porquê Codó não consegue obter os mesmos resultados das modalidades individuais dos JEM´s, com as modalidades coletivas?

Fredson Ricardo - CREF 217/G-MA

Um comentário:

  1. Apesar de não terem conquistado a vaga para os Jogos Escolares da Juventude, estão de parabéns pela medalha de prata. Sei não é fácil chegar numa final dos JEMs, valeu o esforço de todos envolvidos, alunos/atletas e professores.

    ResponderExcluir

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.