29/11/2015

Encerrados os XIII Jogos Cooperativos Interclasses Olympus 2015

Futsal: 8º X 9º
Finalizei na quarta, 25/11, as aulas práticas da disciplina Educação Física, dos meus alunos do Ensino Fundamental do Colégio Olympus, com os XIII Jogos Cooperativos Interclasses Olympus 2015.

Os Jogos Cooperativos duraram todo o quarto bimestre, pois foram colocados em práticas todos os conteúdos estudados e praticados nos três primeiros bimestres.

Uma particularidade dos Jogos Cooperativos é que os alunos são avaliados pela sua participação e todos participam, independentemente se são "habilidosos" ou não, se tem afinidade ou não, se são fortes ou não, se gostam ou não... nas modalidades praticadas, tornando assim, os jogos mais disputados e estratégicos, pois cada equipe tem que trocar todos os alunos na metade do primeiro tempo e ainda utiizar os demais no segundo tempo, de modo que todos joguem.

A competição acontece nos naipes masculino e feminino e nas modalidades: atletismo, handebol, voleibol, basquetebol e futsal. Os campeões recebem  troféus, medalhas e chocolates para comemorarem os títulos.

Veja abaixo os campeões de cada modalidade:

- Atletismo

Revezamento 4x100 metros feminino: 8º ano

Revezamento 4x100 metros masculino: 8º ano

Revezamento 4x400 metros feminino: 9º ano

Revezamento 4x400 metros masculino: 9º ano

7º ano:campeão do futsal feminino

- Voleibol

Campeão masculino: 7º ano

Campeão feminino: 9º ano


- Handebol

Campeão masculino: 9º ano

Campeão feminino: 9º ano


- Basquetebol
9º ano: campeão do futsal masculino

Campeão masculino: 9º ano

Campeão feminino: 9º ano 


- Futsal

Campeão masculino: 9º ano

Campeão feminino: 7º ano 


Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

25/11/2015

Encerrados os XIII Jogos Cooperativos Interclasses Remy Archer 2015

Final de basquete feminino
Finalizei ontem, 24/11, as aulas práticas da disciplina Educação Física, dos meus alunos do turno vespertino da Escola Municipal Remy Archer, com os XIII Jogos Cooperativos Interclasses 2015.

Os Jogos Cooperativos duraram todo o quarto bimestre, pois foram colocados em práticas todos os conteúdos estudados e praticados nos três primeiros bimestres.

Uma particularidade dos Jogos Cooperativos é que os alunos são avaliados pela sua participação e todos participam, independentemente se são "habilidosos" ou não, se tem afinidade ou não, se são fortes ou não, se gostam ou não... nas modalidades praticadas, tornando assim, os jogos mais disputados e estratégicos, pois cada equipe tem que trocar todos os alunos na metade do primeiro tempo e ainda utiizar os demais no segundo tempo, de modo que todos joguem.

A competição acontece nos naipes masculino e feminino e nas modalidades: handebol, voleibol, basquetebol e futsal. Os campeões recebem  "troféus comestíveis" para comemorarem os títulos: caixas de chocolates.

Veja abaixo os campeões de cada modalidade:

8º ano únco: campeão do basquete

- Voleibol

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino: 7º ano A


- Handebol

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino: 9º ano A


- Basquetebol
7º ano C: campeão do basquete masculino

Campeão masculino: 7º ano C

Campeão feminino: 8º ano Único


- Futsal

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino: 7º ano A


Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

24/11/2015

VI Jogos Cooperativos Interclasses Governador Archer terminam com muito chocolate

Final do futsal feminino: 9ºB 4 x 5 8ºA
Finalizei ontem, 23/11, as aulas práticas da disciplina Educação Física, dos meus alunos do turno matutino da Escola Municipal Governador Archer, com os VI Jogos Cooperativos Interclasses 2015.

Os Jogos Cooperativos duraram todo o quarto bimestre, pois foram colocados em práticas todos os conteúdos estudados e praticados nos três primeiros bimestres.

Uma particularidade dos Jogos Cooperativos é que os alunos são avaliados pela sua participação e todos participam, independentemente se são "habilidosos" ou não, se tem afinidade ou não, se são fortes ou não, se gostam ou não... nas modalidades praticadas, tornando assim, os jogos mais disputados e estratégicos, pois cada equipe tem que trocar todos os alunos na metade do primeiro tempo e ainda utiizar os demais no segundo tempo, de modo que todos joguem.

A competição acontece nos naipes masculino e feminino e nas modalidades: handebol, voleibol, basquetebol e futsal. Os campeões recebem  "troféus comestíveis" para comemorarem os títulos: caixas de chocolates.

Veja abaixo os campeões de cada modalidade:
9º B: campeões de todas as modalidades masculinas


- Voleibol

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino: 9º ano B


- Handebol

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino: 9º ano B


- Basquetebol

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino:8º ano A


- Futsal
8º ano A: campeãs do futsal na decisão por pênaltys

Campeão masculino: 9º ano B

Campeão feminino:8º ano A


Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI


23/11/2015

Campeonato Codoense Feminino de Futebol Society já tem seus finalistas

Foto de arquivo: futebol feminino codoense
Desde o mês de setembro que o Campeonato Codoense de Futebol Society Feminino, está sendo realizado no Tio Sam Club, com a participação de sete equipes, sempre nas tardes de domingo.

O evento é organizado pelo desportista Galiléia e patrocinado pelo desportista e Vereador Chiquinho do SAAE.

Na tarde de ontem foram realizadas as semifinais com os seguintes resultados:

- Real Esporte 6x4 River
- Primavera 4x1 Cruzeiro

As finais acontecerão no domingo, 29 de novembro:

- 16:00 horas: disputa de 3º lugar: River x Cruzeiro
- 17:00 horas: final: Real Esporte x Primavera
- 18:00 horas: encerramento e premiação

As premiações serão de troféus, medalhas e dinheiro:

- campeão: mil reais
- vice: 400 reais
- 3º lugar: 200 reais
- 4º lugar: 100 reais
- artilheira: 50 reais
- melhor goleira: 50 reais

Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

19/11/2015

Jiu Jitsu de Codó participará da Copa dos Sertões

Vencedores
Vencedores
O jiu-jitsu na cidade de Codó vem a cada ano crescendo e amadurecendo. As academias da cidade a cada dia recebem mais alunos entusiasmados em aprender e praticar a arte marcial. Uma prova contundente do grande avanço no esporte no município foi o último resultado obtido por representantes de Codó no último Campeonato Maranhense.
O aluno da academia Grace Barra de Codó, Ferdinando Rocha, mesmo lesionado na perna, conseguiu realizar boas lutas e se sagrou campeão maranhense de jiu-jitsu, trazendo mais um importante resultado para o esporte codoense.
Estava machucado, mas acreditava muito na força de nossa equipe, nossa técnica e nossa rotina de treino. Quero agradecer a Deus em primeiro lugar e em seguida o mestre Ivanilson Soares de Lima, pelas lições e moral que nos dá. Na mesma medida agradecer meu amigo e professor Edson Ferreira pela confiança e ensinamentos, minha família Gracie Barra Codó, meus companheiros de treino pelo incentivo e pensamento positivo”, agradeceu Ferdinando.
Em busca de patrocínio
O atual campeão maranhense ainda falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos desportistas e a necessidade de patrocínio.
Hoje o jiu-jitsu em Codó possui cada vez mais adeptos e em pouco tempo obtivemos bons resultados em campeonatos como Norte Nordeste, Pan Americano, e agora no estadual. Acho que se conseguíssemos mais apoio e patrocinadores poderemos crescer muito mais”, concluiu.
Após conquistar títulos e medalhas no Campeonato Maranhense, a equipe de jiu-jitsu Grace Barra Codó parte em busca de mais medalhas, títulos e bons resultados. A equipe irá participar Copa dos Sertões de Jiu-jitsu, edição 2015, que irá acontecer entre os dias 21 e 22 de novembro em Teresina, Piauí.
Transcrito na íntegra do blogdoacelio.com.br

15/11/2015

GR Olympus faz excelente apresentação em Teresina e recebe convite para abertura do Estadual Piauiense 2015

GR Olympus apresentando-se no ginásio Diocesano em Teresina-PI
Após receber o convite, a equipe de Ballet e Ginástica Rítmica do Colégio Olympus de Codó, participou no sábado, 07/11, na capital piauiense do "III Festival de Ginástica Rítmica", promovido pela Federação de Ginástica do Piauí.

O grupo codoense que é comandado pelo bailarino e nutricionista Eduardo Araújo e pela diretora e professora de GR do Colégio Olympus, Jairlene Ferreira, treina a modalidade 03 vezes por semana na referida escola.

Com 14 anos de tradição em apresentações na cidade de Codó, o Ballet e GR do Colégio Olympus, sempre está se renovando, pois as alunas começam a praticá-los ainda na educação infantil até o ensino médio, quando se despedem das modalidade para ingressarem nas faculdades do nosso Brasil.

A equipe codoense foi representada pelas alunas: Nayra, Amanda, Dinorá, Samara, Bruna, Ana Clara, Laysa, Aline, Vitória e Kayle.O Festival foi realizado no Colégio Diocesano, com a participação de sete escolas de Teresina e uma de Codó. Veja o link da chamada do Festival no Globo Esporte Piauí: Teresina realiza III Festival de Ginástica Rítmica


Equipes participantes do III Festival de Ginástica Rítmica de Teresina-PI 

Através da excelente apresentação em Teresina, o Colégio Olympus recebeu da Federação de Ginástica do Piauí, o convite para fazer a abertura do campeonato piauiense de ginástica Rítmica, no dia 19 de dezembro.

Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

09/11/2015

Santo André é campeão codoense de futebol da série C

Santo André: campeão da série C
Aconteceu no último sábado a grande final do Campeonato Codoense da Série C, realizada no estádio municipal Renê Bayma. O duelo derradeiro aconteceu entre as equipes do Santo André e Bocaiúva. Estavam presentes na oportunidade o Secretário Municipal de Desporto e lazer, Argemiro Filho, funcionários da SEDEL, representantes da LICOF e o público que preencheu as arquibancadas.
Dentro das quatro linhas quem levou a melhor foi a equipe do Santo André, que mesmo com uma partida bem disputada bateu o time do Bocaiúva por 2X1 e levou o caneco da série C codoense. A vitória do Santo André e o vice-campeonato do Bocaiúva garantiram a ambas as equipes o passaporte para a segunda divisão em 2016.
Os destaques do campeonato foram para Leonilson, do Santo André, que levou o prêmio de melhor goleiro, e para Ranielbe (Godinho) que levou o prêmio de artilheiro do campeonato, com 13 gols. Para o secretário Argemiro Filho, a realização do torneio é uma demonstração de compromisso e amor ao esporte do prefeito Zito Rolim.
Gostaria de agradecer a todos os atletas, as equipes que trabalharam para que o campeonato fosse um sucesso, ao público que prestigiou o evento e ao prefeito Zito Rolim, que mesmo com a crise em que passa nosso país, não poupou esforços para a realização deste importante torneio. Ele não está presente, pois ainda se recupera do acidente, mas todo o sua vontade para a realização do evento está aqui, onde estamos muito orgulhosos de premiar essas duas equipes vencedoras e seus atletas, pois em Codó o futebol e o esporte não param. Obrigado a todos”, finalizou.
Ascom/Prefeitura Municipal de Codó

06/11/2015

Colégio Olympus de Codó disputará III Festival de Ginástica Rítmica em Teresina

Professores Eduardo e Jairlene com as alunas do Ballet e GR Olympus
A equipe de Ballet e Ginástica Rítmica do Colégio Olympus de Codó, estará viajando na manhã deste sábado, 07/11, para a capital piauiense com objetivo de disputar o "III Festival de Ginástica Rítmica".

O grupo codoense que é comandado pelo bailarino e nutricionista Eduardo Araújo e pela diretora e professora de GR do Colégio Olympus, Jairlene Ferreira, treina a modalidade 03 vezes por semana na referida escola.

Com 14 anos de tradição em apresentações na cidade de Codó, o Ballet e GR do Colégio Olympus, sempre está se renovando, pois as alunas começam a praticá-los ainda na educação infantil até o ensino médio, quando se despedem das modalidade para ingressarem nas faculdades do nosso Brasil.

A equipe codoense será representada pelas alunas: Nayra, Amanda, Dinorá, Samara, Bruna, Ana Clara, Laysa, Aline, Vitória e Kayle.

O Festival será realizado no Colégio Diocesano, com a participação de sete escolas de Teresina e uma de Codó. Veja o link da chamada do Festival no Globo Esporte Piauí: Teresina realiza III Festival de Ginástica Rítmica

Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

05/11/2015

Blog do Bezerra entrevista atleta codoense do futebol



12204942_860211530741607_63477151_n
Viana: equipe que disputa o campeonato maranhense 2015
A atleta Sabrina Valéria Carrias de Almeida, de apenas 20 anos e aluna do Curso de Educação Física, vem tentando conciliar os treinos, disputas de competições com os estudos. Sabrina vem conquistando seu espaço numa das modalidades esportivas que mais sofre discriminação no país, o futebol feminino, apesar de sermos ainda, referência mundial no esporte é com os times masculinos que vão os maiores volumes de investimentos e patrocínios, já na modalidade feminina estamos a passos lentos.

Muitas dificuldades têm sido encontradas por atletas iniciantes e até as mais experientes no esporte a nossa última referencia maranhense no futebol brasileiro e mundial foi a jogadora Tânia Maranhão, que cresceu no bairro Aurora em São Luis, jogando futsal numa quadra poliesportiva com piso de cimento na Rua Frei Hermenegildo e aos poucos, foi conquistando seu espaço, atingindo o auge da carreira ao se tornar titular da Seleção Brasileira, disputando várias competições importantes pelo mundo.

Em Codó, desde os dez anos Sabrina conta que já via o futebol como fonte de realização, e ela vai mais além: “tenho sonhos, não abrirei mão deles para chegar onde quero”, disse muito empolgada com o momento que está passando. Para se ter uma ideia, a atleta vem numa crescente e melhorando seu condicionamento físico e técnico, apesar de disputar o Campeonato Estadual pelo time do Viana, Sabrina não esconde a vontade que tem de ver sua cidade com um futebol feminino tão valorizado quanto o futebol masculino, que possui um calendário fixo com competições predefinidas para o ano todo.


Na sua última folga a atleta conversou com o Blog do Bezerra e revelou seus objetivos para o futuro.


Blog do Bezerra – Como você vê o futebol feminino em Codó?


Sabrina – Vejo com muita tristeza e preocupação. Não temos aqui um calendário de competições. Apenas eventos esporádicos de curta duração e que não nos levam a lugar algum, além da falta de investidores para o esporte. As pessoas precisam entender que o esporte não tem sexo, raça ou condição financeira, todo esporte tem de ser encarado como ferramenta de inclusão e integração dos povos.


Blog do Bezerra – Em São Luis você tem esse apoio que não tem aqui em Codó?
Sabrina – Sim, é claro que de forma muito modesta, mas já temos o apoio de uma Federação, que elaborou um calendário de disputas que os participantes podem até conquistar outras chances de participar de competições a nível nacional como a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Além de ser uma vitrine para possíveis convites para outros centros.


Blog do Bezerra – Seleção Brasileira é seu objetivo?
Sabrina – Ainda não, estou nova e preciso me consolidar na modalidade, treino muito e nunca estou satisfeita com meu rendimento, procuro sempre melhorar mais e mais. Hoje sei que as dificuldades são as mais variadas, mas pretendo sim chegar a disputar algumas competições importantes para ser vista por alguma grande equipe e quem sabe possa chegar a disputar uma vaga na Seleção Brasileira, pois tenho sonhos, e não abrirei mão deles para chegar onde quero.


Blog do Bezerra – Para encerrar, como foi sua estreia no Campeonato Estadual contra o time do Expressinho?
Sabrina – Muito Boa! Não poderia ter sido melhor! Estreamos com vitória 2X0, dominamos a partida o tempo todo, mantivemos o maior tempo com a posse de bola e pra mim, foi ótimo o fato de numa estreia ter marcado um gol e não foi qualquer gol não, fiz a cobrança de um escanteio e a bola entrou, quase foi um gol olímpico, e agora vamos dar sequencia aos trabalhos e lutar pelo título.


Transcrito na íntegra do blogdobezerra.com.br