quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Futebol codoense Brasil a fora

Após o término do campeonato codoense 2011 onde a equipe do Maestra sagrou-se campeã, vem o seguinte questionamento: porquê a maioria das equipes de Codó importaram times inteiros e não apostaram nos jogadores codoenses? Será se a fórmula do melhor time do mundo (Barcelona) de apostar na base e nos jogadores de casa poderia dar certo por aqui? Se temos jogadores codoenses que brilham fora de Codó é porquê temos potencial local. Vejamos alguns exemplos de atletas de futebol codoenses que brilham fora de nossa terrinha.

Igor

Jovem goleiro que brilhou em 2010 pelo futsal do Olympus e Bocaiúva, se destacou no futebol ano passado pelo Codó Novo sendo campeão da Copa de Bairros e pelo Nacional conquistando o título de campeão codoense e melhor goleiro da competição. Atualmente está treinando na equipe do ART SUL no estado do Rio de Janeiro.







Douglas Codó

Praticamente desconhecido em nossa cidade brilha no Portimonense de Portugal.









Jackson

Surgiu no Fabril na décado de 80, teve passagem pelo MAC, Sport, Palmeiras, Cruzeiro, Internacional dentre muitas equipes dentro e fora do Brasil. Representou muito bem Codó vestindo a camisa da seleção brasileira. Está se transferindo para o Bahia de Feira de Santana.







Maranhão


Jogador sempre presente no cenário nacional com boas atuações pelo Coritiba e Santos.






Wancerman


Cria das equipes escolares de futebol do Renê Bayma, passou por várias equipes de Codó e São Luís e hoje está no Palmeiras B.









Pedro Jr


Tive a honra de jogar com ele e treiná-lo no futsal do Olympus. Surgiu no futebol do Renê Bayma treinado pelo folclórico Kennedy Salito. Passou por Nacional, Iape, futebol mineiro e hoje é figurinha carimbada na equipe do Sampaio Correia.







Marcos Pimentel



Exímio jogador do futsal da Nassau. Teve passagem por várias equipes do futebol nacional como a Portuguesa, mas brilhou mesmo no Barueri.








Fernando

Meu amigo das peladas de infância. Está a mais de 10 anos jogando na segunda divisão do futebol grego. No início de carreira brilhou fazendo muitos gols pelo América.





Jonatan

Também tive o prazer de jogar com ele e treiná-lo no futsal do Olympus. Jogador de uma técnica pouco vista no futebol mundial (ambidestro - conduz, dribla, chuta da mesma forma com a direita e esquerda). Campeão codoense em 2010 pelo Nacional, tem passagens pelo futebol mineiro e pelo Sampaio Correia.







Célio Codó

Tive o prazer de ser professor de educação física deste jovem vencedor. Surgiu nas equipes escolares de futebol do Renê Bayma e depois brilhou no Palmeiras e Nacional onde foi campeão codoense em 2010. Jogador do Sampaio Correia já tendo sido emprestado ao futebol paulista e búlgaro.




França

Apesar de ter saído muito novo de Codó sempre levou o nome de nossa cidade por onde passou, como São Paulo Futebol Clube onde brilhou até chegar à seleção brasileira. Atualmente está jogando no futebol japonês.




Estes 11 jogadores codoenses são alguns dos muitos que brilham foram de nossa querida Codó. Então porquê não multiplicar esse número até termos um campeonato codoense com bons atletas de nossa cidade, que se identifiquem com nossas equipes?

Seria tão difícil? Aqui vai uma sugestão: se temos dezenas de escolinhas de futebol com garotos dos 8 aos 18 anos, então porquê não fazermos os campeonatos codoenses de futebol sub 09, sub 11, sub 13, sub 15, sub 17...? Creio que com essas competições teríamos atletas de bom nível para representar nossas equipes e ainda continuaríamos a exportar talentos.



Fredson Ricardo - CREF 217/g-PI

2 comentários:

  1. Boa Fredson, gostei de ver!
    Otima iniciativa, cultura é tudo que precisamos por em pratica.

    ResponderExcluir
  2. Gostei, é muito bom conhecer os talentos codoenses.

    ResponderExcluir

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.