quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Blog do Bezerra entrevista atleta codoense do futebol



12204942_860211530741607_63477151_n
Viana: equipe que disputa o campeonato maranhense 2015
A atleta Sabrina Valéria Carrias de Almeida, de apenas 20 anos e aluna do Curso de Educação Física, vem tentando conciliar os treinos, disputas de competições com os estudos. Sabrina vem conquistando seu espaço numa das modalidades esportivas que mais sofre discriminação no país, o futebol feminino, apesar de sermos ainda, referência mundial no esporte é com os times masculinos que vão os maiores volumes de investimentos e patrocínios, já na modalidade feminina estamos a passos lentos.

Muitas dificuldades têm sido encontradas por atletas iniciantes e até as mais experientes no esporte a nossa última referencia maranhense no futebol brasileiro e mundial foi a jogadora Tânia Maranhão, que cresceu no bairro Aurora em São Luis, jogando futsal numa quadra poliesportiva com piso de cimento na Rua Frei Hermenegildo e aos poucos, foi conquistando seu espaço, atingindo o auge da carreira ao se tornar titular da Seleção Brasileira, disputando várias competições importantes pelo mundo.

Em Codó, desde os dez anos Sabrina conta que já via o futebol como fonte de realização, e ela vai mais além: “tenho sonhos, não abrirei mão deles para chegar onde quero”, disse muito empolgada com o momento que está passando. Para se ter uma ideia, a atleta vem numa crescente e melhorando seu condicionamento físico e técnico, apesar de disputar o Campeonato Estadual pelo time do Viana, Sabrina não esconde a vontade que tem de ver sua cidade com um futebol feminino tão valorizado quanto o futebol masculino, que possui um calendário fixo com competições predefinidas para o ano todo.


Na sua última folga a atleta conversou com o Blog do Bezerra e revelou seus objetivos para o futuro.


Blog do Bezerra – Como você vê o futebol feminino em Codó?


Sabrina – Vejo com muita tristeza e preocupação. Não temos aqui um calendário de competições. Apenas eventos esporádicos de curta duração e que não nos levam a lugar algum, além da falta de investidores para o esporte. As pessoas precisam entender que o esporte não tem sexo, raça ou condição financeira, todo esporte tem de ser encarado como ferramenta de inclusão e integração dos povos.


Blog do Bezerra – Em São Luis você tem esse apoio que não tem aqui em Codó?
Sabrina – Sim, é claro que de forma muito modesta, mas já temos o apoio de uma Federação, que elaborou um calendário de disputas que os participantes podem até conquistar outras chances de participar de competições a nível nacional como a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Além de ser uma vitrine para possíveis convites para outros centros.


Blog do Bezerra – Seleção Brasileira é seu objetivo?
Sabrina – Ainda não, estou nova e preciso me consolidar na modalidade, treino muito e nunca estou satisfeita com meu rendimento, procuro sempre melhorar mais e mais. Hoje sei que as dificuldades são as mais variadas, mas pretendo sim chegar a disputar algumas competições importantes para ser vista por alguma grande equipe e quem sabe possa chegar a disputar uma vaga na Seleção Brasileira, pois tenho sonhos, e não abrirei mão deles para chegar onde quero.


Blog do Bezerra – Para encerrar, como foi sua estreia no Campeonato Estadual contra o time do Expressinho?
Sabrina – Muito Boa! Não poderia ter sido melhor! Estreamos com vitória 2X0, dominamos a partida o tempo todo, mantivemos o maior tempo com a posse de bola e pra mim, foi ótimo o fato de numa estreia ter marcado um gol e não foi qualquer gol não, fiz a cobrança de um escanteio e a bola entrou, quase foi um gol olímpico, e agora vamos dar sequencia aos trabalhos e lutar pelo título.


Transcrito na íntegra do blogdobezerra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.