sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Hollanda Codó está em João Pessoa-PB, disputando a fase final da Conferência Nordeste de Handebol Feminino

Hollanda/GHC/Maurício de Nassau/Codó (MA)
Após a equipe codoense Hollanda/GHC/Maurício de Nassau/Codó (MA) ter conquistado o vice campeonato do Zonal da Conferência Nordeste da Liga Nacional de Handebol, que aconteceu em Codó, no período de 09 a 11 de setembro deste ano, chegou a hora da decisão para as equipes qualificadas para a fase final. Os quatro classificados se encontram a partir desta sexta-feira (28) até domingo (30), em João Pessoa (PB), para definir os dois que irão garantir vaga para as quartas de final nacionais. A partir daí, se cruzarão com os adversários das outras duas regiões: Norte e Sul/Sudeste/Centro.

Os jogos serão divididos em dois locais. Na sexta-feira e no sábado, o ginásio Odilon Coutinho recebe as partidas. Já no domingo, as equipes se enfrentam no ginásio da Unipê.

O Português/AESO (PE) abre a disputa contra o Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (MA), às 18h30 (horário local). A equipe pernambucana fez uma excelente fase classificatória e tem tudo para avançar, mas precisa superar alguns obstáculos como a ausência de duas importantes jogadoras. "Tivemos um intervalo da primeira fase da Liga e dessa etapa decisiva e, nesse período, tivemos duas baixas relevantes por lesão, uma é a Thaís Mayara e a outra é a Ana Cecília, as duas com passagens por diferentes categorias de Seleções. Vamos ter que administrar isso, pois são pontas titulares da equipe. Mesmo assim, confiamos  no nosso trabalho de base. Nosso grupo é forte e vamos promover meninas mais jovens para tentar repor essas ausências. Continuamos confiantes para tentarmos a classificação para as quartas de final", disse o técnico Cristiano Rocha.

O treinador aponta o equilíbrio dessa fase, pois os adversários são experientes e se conhecem muito. "Essa vai ser uma etapa bem difícil. Existe a questão da rivalidade, pois as equipes se conhecem bastante. O time de Codó conta com várias meninas que foram do nosso clube, então, já tem uma ideia da filosofia do nosso trabalho. É uma equipe boa. O HCP é um time tradicional figurando nos campeonatos nacionais e tem um trabalho forte na região. Sabemos que será difícil superá-las. Já Fortaleza também tem excelentes resultados em competições nacionais e conta com atletas experientes. Nos últimos anos fizeram as finais das competições regionais contra nossa equipe", descreveu Cristiano.

Para ele, apesar do equilíbrio, o trabalho de base, marca do Clube Português, pode prevalecer. "Minha expectativa é de equilíbrio, mas temos uma confiança grande no nosso plantel e na capacidade que temos de ter rotatividade. Acreditamos que vamos conseguir suprir essas dificuldades que surgiram. Espero que corra tudo bem. Trabalhamos bastante para esse momento e acho que a equipe está preparada para passar por essa etapa e buscar um resultado ainda melhor nas quartas de final", acrescentou.

O técnico do Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (MA), Márcio Esmero, também diz que a equipe está preparada e que vem fazendo um forte trabalho para a primeira participação na Liga Nacional. "Apesar de ser uma equipe nova, o Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (PI) vem há dois anos buscando crescer no handebol do Nordeste e também do Brasil. A parceria com o GHC, que tem como idealizador um dos maiores vencedores das categorias de base do handebol do País, que é o professor Giuliano Ramos, foi primordial para o crescimento da equipe. Hoje, a cidade de Codó respira handebol, principalmente com o Hollanda fazendo grandes campanhas nas competições nacionais", expôs.

Ele também acredita ser possível garantir uma das duas vagas para a etapa nacional. "Nossa expectativa é a melhor possível. Apesar das dificuldades, a equipe está bem coesa e empolgada com a possibilidade de passar para a fase nacional. Com a defesa forte e um rápido contra-ataque, esperamos suprir nossa deficiência em altura e poder superar os adversários", encerrou.

Também na primeira rodada, às 20h, o HCP/Colégio Século (PB), que joga em casa, enfrenta o Fortaleza/IFCE (CE).

Tabela de jogos - fase final Conferência Nordeste Feminina
Horário local

Sexta-feira (28)
18h30 - Português/AESO (PE) x Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (MA
20h - HCP/Colégio Século (PB) x Fortaleza/IFCE (CE)

Sábado (29)
14h - Fortaleza/IFCE (CE) x Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (MA)
15h30 - Português/AESO (PE) x HCP/Colégio Século (PB)

Domingo (30)
9h - Português/AESO (PE) x Fortaleza/IFCE (CE)
10h30 - HCP/Colégio Século (PB) x Hollanda/GHC/M. Nassau/Codó (MA)

Serviço 
Fase final da Conferência Nordeste da Liga Nacional Feminina
Dias 28 e 29 - ginásio Odilon Coutinho - Avenida Mariângela Lucena Peixoto, s/n - João Pessoa (PB)
Dia 30 - ginásio da Unipê - BR 230, km 22

Fonte: Confederação Brasileira de Handebol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.