segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Codoenses conquistam medalhas nos Jogos Escolares da Juventude

atletismo
Codoense Igor Mota comemorando o ouro do revezamento maranhense
Mesmo sem o apoio do Poder Público Municipal local para treinamentos, acompanhamento médico, psicológico e de demais especialistas na área esportiva, os atletas codoenses: Domingos Renilson que mora no Km 17 e estuda na Escola Colares Moreira conquistou a medalha de Prata nos Jogos Escolares da Juventude na modalidade ciclismo que teve seu encerramento neste domingo na categoria infanto em João Pessoa – PB.
Renilson - o primeiro daa esquerda para direita, conquista prata nos JEJ

Renilson, foi aquele atleta que teve de viajar às pressas após haver um desentendimento entre a organização dos JEMs e o Chefe da Delegação de Codó no que tange aos dias de competição de cada modalidade, Lenilson viajou em um ônibus de linha, pois nem um carro para levar o atleta até a capital não foi arrumado.

Outro destaque codoense em João Pessoa foi o atleta Igor Silva Mota do colégio Matta Roma. Igor disputou a prova do Revezamento Medley, participando de uma seleção composta por atletas de São Luis e Timon, onde acabaram conquistando a medalha de ouro.

O apoio dado pela prefeitura municipal ainda é pouco, muitas das grande promessas do esporte ficam encubadas nas escolas ou fora delas por falta de uma política esportiva voltada para os jovens.

A maioria das escolas não possuem espaços para as práticas iniciação esportiva ou outro trabalho de base ou formação de atletas, ficando todos limitados à participação dos Jogos Escolares Codoenses que é realizado em vinte dias do ano. O apoio que a prefeitura diz dar é a realização de uma única competição escolar e o deslocamento para a capital, como disse é pouco.

O novo prefeito eleito, Francisco Nagib disse em campanha que construiria um Centro de Formação Olímpica, isso não é um sonho e sim uma realidade, o próprio Ministério dos Esportes financia projetos desta natureza. Nagib precisa criar de forma urgente de um programa denominado de “Bolsa Atleta” para dar o suporte básico para as promessas olímpicas e isso não pode ser visto como um gasto e sim como investimento. Com a Bolsa, os atletas de alto rendimento poderão comprar seus próprios materiais esportivos e melhoras a sua alimentação.

Para isso se tornar realidade, o novo Secretário Municipal de Esportes precisa ser mais que boleiro ( aquela pessoa que se limita em pensar só em futebol), precisamos fomentar a prática esportiva nas escolas, para que grandes nomes sejam revelados, até porque passaremos um bom tempo sem um representante Olímpico com a aposentadoria de José Carlos Moreira, não há ainda um nome que possa substituí-lo.
Fonte: Blog do Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário sobre a matéria acima.